Rua Euclides da Cunha, 171 - Erechim
54 99972-7695
contato@primeimpressos.com.br

WhatsApp para enviar e receber dinheiro: saiba como funciona

WhatsApp para enviar e receber dinheiro: saiba como funciona

whatsapp

WhatsApp vai permitir enviar e receber dinheiro pelo aplicativo; Brasil será primeiro país com a novidade.

O WhatsApp Pay, função de pagamentos do WhatsApp, chega ao Brasil nesta segunda-feira (15/6). A funcionalidade permite transferir dinheiro e fazer compras em estabelecimentos por meio do aplicativo do mensagens.

As transações poderão ser feitas usando cartões de débito ou crédito de instituições financeiras parceiras. Inicialmente, a lista inclui Banco do Brasil, Nubank e Sicredi nas bandeiras Mastercard e Visa.

Os pagamentos serão processados pela Cielo e não preveem custos para consumidores e pessoas físicas. Negócios com conta WhatsApp Business poderão receber pagamentos por produtos e serviços, mas pagarão taxa.

Desde 2018, o sistema de pagamentos era testado na Índia. O Brasil será, portanto, a primeira nação a receber o roll-out do sistema. A novidade é que, além do compartilhamento de moeda entre usuários, também será possível utilizar o método para pagar uma empresa.

“Hoje, nós lançaremos o sistema de pagamentos para pessoas que usam o WhatsApp no ​​Brasil. Estamos facilitando o envio e o recebimento de dinheiro assim como o compartilhamento de fotos. Também estamos permitindo que pequenas empresas façam vendas diretamente no WhatsApp. Para isso, criamos o Facebook Pay, que fornece uma maneira segura e consistente de efetuar pagamentos em nossos aplicativos”, disse Mark Zuckerberg, CEO do Facebook.

A função de pagamentos funcionará por meio do Facebook Pay. Segundo Matt Idema (diretor de operações do WhatsApp), o lançamento abre caminho para que, no futuro, usuários brasileiros também possam fazer transações por outros aplicativos da empresa, como o Messenger.

A função será disponibilizada gradualmente aos usuários nas próximas semanas. Veja, abaixo, como usar o WhatsApp Pay para fazer transferências ou receber pagamentos.

Para empresas

Negócios poderão usar o recurso pelo WhatsApp Business. Será necessário cadastrar ou criar uma conta da Cielo pelo Facebook Pay, fornecendo dados como CNPJ, endereço e conta bancária da empresa. Após o cadastro, o aplicativo levará até três dias para liberar a função.

As empresas não precisam ter uma conta em uma das instituições parceiras para receber pagamentos. Cada transação terá uma taxa de 3,99% e o dinheiro será recebido em até dois dias úteis. Não há limite de transações desse tipo.

Já os clientes que quiserem pagar pelo WhatsApp precisarão ter um cartão de uma das instituições parcerias. Serão aceitos cartões de crédito e débito sem nenhum custo extra para o consumidor.

“Pequenas empresas são fundamentais para o país. A capacidade de realizar vendas com facilidade no WhatsApp ajudará os empresários a se adaptarem à economia digital, além de apoiar o crescimento e a recuperação financeira”, disse Matt Idema, diretor de operações do WhatsApp em nota.

Entre pessoas físicas

Para realizar transferências, é necessário que as duas pessoas tenham conta em alguma das instituições financeiras credenciadas. As transações não têm taxa e são concluídas no mesmo dia, se respeitado o horário de funcionamento da instituição, ou no próximo dia útil. Na função, apenas cartões de débito serão aceitos.

É possível enviar até R$ 1 mil por transação e receber até 20 transações por dia, respeitando o limite de R$ 5 mil por mês. Cada transação realizada deverá ser liberada com uma senha (PIN) ou por biometria. Segundo a empresa, o mecanismo garante que nenhuma ação seja realizada sem o consentimento do usuário, mesmo que o smartphone seja perdido ou roubado.

Finalizando

O Brasil é um mercado a ser explorado. Diferentemente de China e Rússia, que possuem também um vasto território e capacidade inexorável de expansão socioeconômica, há no país sul-americano, sobretudo, abertura comercial com outras nações. São fatores cruciais para a entrada massiva de gigantes americanas e chinesas nos últimos anos.

A Amazon, por exemplo, por muitos anos estudou formas de como prosperar no país. Desde 2012, a principal varejista do mundo ganha terreno pouco a pouco no cenário local.

Na visão de especialistas, o Facebook tinha que dar uma resposta à altura ou ficaria para trás da concorrência. “Com a pandemia, se acelerou um processo intenso de substituição de modelos transacionais por meio de pagamento, que culminará em algum momento com a substituição em parte do padrão vigente de moeda. E, portanto, você não pode estar fora do jogo num mercado como o do Brasil”, afirma Daniel Domeneghetti, CEO da E-Consulting. “O movimento de curto prazo do WhatsApp é certamente ser usado para substituição de call center e última milha com o cliente, prestando serviços para empresas e consumidores”.

Certamente, o aplicativo deixará de ser um mero mensageiro virtual para ganhar outros modelos de negócios no país e no mundo.

 

Gostou da novidade? Deixe seu comentário ou sua dúvida!

 

Leia também:

WhatsApp Business como Ferramenta de Vendas

Redes Sociais: um guia definitivo para você

Social Media: como esse profissional ajudará sua empresa

 

Siga-nos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá,
Meu nome é Tamires :)

Ótimas leituras.
Se precisar de algo é só me chamar!